Neurologia

Síndrome de Down: quais acompanhamentos são necessários para melhor qualidade de vida?

Síndrome de Down: quais acompanhamentos são necessários para melhor qualidade de vida?

Quais são os sinais do autismo e como é feito o diagnóstico?

Quais são os sinais do autismo e como é feito o diagnóstico?

O que causa hipertensão intracraniana em crianças e quais os riscos de não buscar tratamento?

O que causa hipertensão intracraniana em crianças e quais os riscos de não buscar tratamento?

Sabia que distúrbios do sono podem ter origem neurológica?

Sabia que distúrbios do sono podem ter origem neurológica?

Qual a importância do tratamento precoce de AVC?

Qual a importância do tratamento precoce de AVC?

Acompanhamento médico e uma rotina normal: saiba as melhores formas de lidar com a esclerose múltipla

Acompanhamento médico e uma rotina normal: saiba as melhores formas de lidar com a esclerose múltipla

Acompanhamento com neurologista é fundamental para pacientes com “Ela”, doença degenerativa e ainda sem cura

Acompanhamento com neurologista é fundamental para pacientes com “Ela”, doença degenerativa e ainda sem cura

Implante de neuroestimuladorproporciona solução mais efetiva no tratamento da incontinência urinária de urgência (síndrome da bexiga hiperativa)

Pacientes pós-Covid-19 podem sofrer com problemas neurológicos

Pacientes pós-Covid-19 podem sofrer com problemas neurológicos

Doença de Parkinson também pode atingir jovens adultos: saiba os sinais da doença

Doença de Parkinson também pode atingir jovens adultos: saiba os sinais da doença
Testemunhos

Gostaríamos de agradecer ao Dr Pierry Louys Batista, em nome de todos os pediatras, toda equipe assistencial, de atendimento, segurança, higiene e do laboratório Delboni, pois percebemos que houve a verdadeira hospitalidade que todos falam, mas poucos exercem: a de fora dos livros.

Gustavo Ambrósio Tenório

Equipe de enfermagem muito bem preparada, atenta e disponível para qualquer chamado. Muito educada e cordial também, por exemplo, sempre ao entrar no quarto os enfermeiros avisavam meu pai que a luz seria acesa, não acendendo diretamente na “cara” da pessoa, que estava despreparada.

Antônio Rafael de Carvalho