Especialidade de Cirurgia Torácica

A especialidade médica de cirurgia torácica cuida de doenças que necessitem de procedimentos cirúrgicos nos pulmões (incluindo brônquios e pleura), mediastino (que é a região entre os pulmões), parede do tórax (abrangendo ossos, músculos e tecidos de revestimento da região), traqueia e vias aéreas - seja para diagnóstico ou tratamento. Como a especialidade trata uma variedade grande de problemas de saúde, o cirurgião torácico pode trabalhar em conjunto com médicos de diversas especialidades, como cardiologia, oncologia, pneumologia e infectologia.

Cirurgia Torácica do Grupo Leforte

Os especialistas em cirurgia torácica do Grupo Leforte atendem em locais estratégicos da Grande São Paulo atuando em conjunto com uma equipe multidisciplinar, que trabalha de forma coordenada e integrada. Eles contam com o suporte das Clínicas e Diagnósticos e Centros Tratamentos para o diagnóstico, procedimentos terapêuticos e acompanhamento dos pacientes, além de uma moderna estrutura de centro cirúrgico nos hospitais do Grupo Leforte, dispondo de equipamentos de alta tecnologia, inclusive para a realização de cirurgias robóticas de tórax.

Equipe
Médicos especialistas em cirurgia torácica
Localização
Locais estratégicos na grande São Paulo
Atendimento
Equipe multidisciplinar para cuidar da sua saúde
Convênios
Atende convênios e particular.
Exames
Centro de diagnósticos do Grupo Leforte
Tratamentos
Centros de tratamento para a saúde completa

Agende consulta com especialista em cirurgia torácica

Doenças frequentes da especialidade de cirurgia torácica

O tumor de pulmão é o tipo de câncer que mais provoca mortes em todo o mundo e a grande maioria dos casos é devida ao tabagismo. A doença é dividida em duas categorias principais – o câncer de pulmão de células pequenas e o câncer de pulmão de não pequenas células, sendo que a segunda corresponde a 85% das ocorrências. Os tumores de pulmão em seus estágios iniciais. Quando apresenta sintomas, podem ser muito variados, dependendo da sua localização e com presença ou não de metástase. Os sinais e sintomas do câncer de pulmão podem ser:

Tosse;
Dor torácica localizada ou vaga;
Dificuldade de respirar (dispneia);
Rouquidão;
Perda de peso.

Atenção, este conteúdo é meramente informativo!

Este conteúdo é meramente informativo e educativo, sendo destinado para o público em geral. Ele não substitui a consulta e o aconselhamento com o médico e não deve ser utilizado para autodiagnóstico ou automedicação. Se você tiver algum problema de saúde ou dúvidas a respeito, consulte um médico. Somente ele está habilitado a fazer o diagnóstico, a prescrever o tratamento mais adequado para cada caso e a acompanhar a evolução do quadro de saúde do paciente.

Derrame pleural, também chamado de água no pulmão, é o acúmulo de líquido dentro da cavidade pleural, que é o espaço entre a membrana que reveste o pulmão (pleura e visceral) e a membrana que reveste as costelas por dentro (pleura parietal). Pode ter diferentes causas (como infecções, tumores, insuficiência cardíaca, renal ou hepática e coágulos) e tipos e alguns são assintomáticos, sendo descobertos por acaso em exame físico ou radiografia de tórax. Mas os sinais e sintomas de derrame pleural podem ser:

Dor torácica;
Dificuldade de respirar (dispneia).

Atenção, este conteúdo é meramente informativo!

Este conteúdo é meramente informativo e educativo, sendo destinado para o público em geral. Ele não substitui a consulta e o aconselhamento com o médico e não deve ser utilizado para autodiagnóstico ou automedicação. Se você tiver algum problema de saúde ou dúvidas a respeito, consulte um médico. Somente ele está habilitado a fazer o diagnóstico, a prescrever o tratamento mais adequado para cada caso e a acompanhar a evolução do quadro de saúde do paciente.

Na maioria dos casos, um nódulo pulmonar é uma alteração cicatricial causada por uma infecção antiga no pulmão ou alguma que ainda precise de tratamento. Mas é necessário fazer exames de acompanhamento por algum tempo para descartar a hipótese de ser um câncer. Geralmente, não provoca manifestações. Mas se houver, são da condição que provocou o nódulo, por exemplo, tuberculose ou infecção por fungo. Entretanto, se for um tumor maligno, os sinais e sintomas do nódulo pulmonar podem ser:

Tosse;
Dor torácica localizada ou vaga;
Dificuldade de respirar (dispneia);
Rouquidão;
Perda de peso.

Atenção, este conteúdo é meramente informativo!

Este conteúdo é meramente informativo e educativo, sendo destinado para o público em geral. Ele não substitui a consulta e o aconselhamento com o médico e não deve ser utilizado para autodiagnóstico ou automedicação. Se você tiver algum problema de saúde ou dúvidas a respeito, consulte um médico. Somente ele está habilitado a fazer o diagnóstico, a prescrever o tratamento mais adequado para cada caso e a acompanhar a evolução do quadro de saúde do paciente.

A hiperidrose é a transpiração abundante mesmo quando não está calor ou a pessoa não está fazendo exercício físico ou não está com raiva ou medo. Existem dois tipos, a hiperidrose focal e a hiperidrose secundária generalizada. O primeiro tipo surge na infância ou na adolescência e atinge cerca de 2% a 3% da população. Já o segundo, é decorrência de um problema de saúde ou de algum medicamento que a pessoa esteja tomando. Os sinais e sintomas da hiperidrose podem ser:

hiperidrose focal

Suor excessivo geralmente nas mãos, pés, axilas, cabeça ou rosto;
Não há suor excessivo em repouso ou dormindo.

hiperidrose secundária generalizada

Suor em todas as partes do corpo ou em regiões incomuns;
Há suor excessivo mesmo em repouso ou dormindo.

Atenção, este conteúdo é meramente informativo!

Este conteúdo é meramente informativo e educativo, sendo destinado para o público em geral. Ele não substitui a consulta e o aconselhamento com o médico e não deve ser utilizado para autodiagnóstico ou automedicação. Se você tiver algum problema de saúde ou dúvidas a respeito, consulte um médico. Somente ele está habilitado a fazer o diagnóstico, a prescrever o tratamento mais adequado para cada caso e a acompanhar a evolução do quadro de saúde do paciente.

O pectus é uma deformidade que acontece na região do tórax, podendo ser de dois tipos. Um deles é o pectus excavatum, no qual há uma retração do osso esterno e das costelas, causando um afundamento da parte central do tórax. O outro tipo é o pectus carinatum, no qual acontece o oposto, o que provoca uma elevação na parte central do tórax. Por isso, também é chamado de peito de pombo. Além dos sinais físicos, os sinais e sintomas de pectus podem ser:

Pectus excavatum

Palpitações;
Dificuldade de respirar (dispneia);
Sibilos.

Pectus carinatum

falta de ar;
Fadiga;
Problemas circulatórios.

Agendamento e locais de consultas da especialidade de cirurgia torácica no Grupo Leforte

O Grupo Leforte tem uma equipe de cirurgia torácica que atende em diferentes unidades, localizadas em pontos estratégicos e de fácil acesso na grande São Paulo.

Clínica e Diagnósticos Leforte Liberdade

Rua da Glória, 676 – Liberdade – São Paulo – SP
Call center: (11) 3345-2288

Clínica e Diagnósticos Leforte Morumbi

Rua dos Três Irmãos, 62 – Morumbi – São Paulo – SP
Call center: (11) 3345-2288

Clínica e Diagnósticos Leforte Alphaville

Alameda Araguaia, 943, Loja 02/03 – Barueri – SP
Call center: (11) 3345-2288

Clínica e Diagnósticos Christóvão da Gama - Santo André

Rua Guilherme Marconi, 440 – Santo André – SP
Call center: (11) 4993-3700

Centros de referência para diagnóstico e tratamento em cirurgia torácica do Grupo Leforte

Com unidades avançadas em diversas localizações de São Paulo e grande São Paulo, a Oncologia Leforte é especializada no diagnóstico, tratamento e acompanhamento de pacientes com câncer em todos os níveis de complexidade. Considerado um dos principais serviços do País para tratamento de câncer, a Oncologia Leforte conta ainda com um dos mais importantes núcleos de radioterapia de São Paulo.

Especializado no tratamento de doenças cardiovasculares, conta com profissionais para acompanhamento clínico e cirúrgico, além de exames de diagnóstico, pronto-socorro, serviço de hemodinâmica e eletrofisiologia.

É o líder no Brasil em transplantes de rim, fígado e, nos últimos três anos, o mais ativo do mundo em transplantes de pâncreas. O Centro de Transplantes do Grupo Leforte possui uma equipe multidisciplinar com ampla experiência em cirurgias de alta complexidade do aparelho digestivo, incluindo as oncológicas, transplantes de fígado, pâncreas, pâncreas-rim e rim.

O Grupo Leforte está preparado para oferecer soluções de investigação e de monitoramento de doenças aos seus médicos e pacientes e possui a certificação canadense de excelência Qmentum International. As Unidades de Diagnósticos contam com atendimento humanizado e parque tecnológico moderno, seguindo rigorosos controles de qualidade.

 

Para oferecer uma solução completa de diagnóstico, o Grupo Leforte é parceiro do Laboratório Delboni para exames de análises clínicas e do Laboratório Salomão Zoppi para exames de análises patológicas.

Testemunhos

Gostaríamos de agradecer ao Dr Pierry Louys Batista, em nome de todos os pediatras, toda equipe assistencial, de atendimento, segurança, higiene e do laboratório Delboni, pois percebemos que houve a verdadeira hospitalidade que todos falam, mas poucos exercem: a de fora dos livros.

Gustavo Ambrósio Tenório

Equipe de enfermagem muito bem preparada, atenta e disponível para qualquer chamado. Muito educada e cordial também, por exemplo, sempre ao entrar no quarto os enfermeiros avisavam meu pai que a luz seria acesa, não acendendo diretamente na “cara” da pessoa, que estava despreparada.

Antônio Rafael de Carvalho
banner

Agende sua consulta agora