Grupo Leforte alerta sobre importância da doação de sangue

Pandemia reduziu número de doadores. Hemocentro São Lucas, que atende os três hospitais da rede, faz campanha para manter estoques.

A pandemia do novo coronavírus vem afetando diversos setores da saúde. Um deles é a de doação de sangue. Desde o início da quarentena em São Paulo, o número de doadores caiu consideravelmente e os hemocentros vêm enfrentando dificuldades para manter os estoques de bolsas.

“A manutenção de níveis normais dos estoques dos hemocentros é primordial para o bom funcionamento de qualquer hospital”, diz Sérgio Gama, cirurgião e gerente médico do Hospital e Maternidade Cristóvão da Game (HMCG), unidade do Grupo Leforte em Santo André.

Segundo ele, uma bolsa de sangue é capaz de salvar a vida de até quatro pessoas. “Não é só alguém que sofre um acidente, por exemplo, que precisa de uma transfusão. O sangue também é utilizado em outras cirurgias de urgências, transplantes, tratamentos oncológicos e de outras doenças crônicas”, explica.

O Hemocentro São Lucas, que além do HMCG abastece os hospitais Leforte Liberdade e Morumbi, vem realizando campanhas constantemente, para incentivar a doação de sangue. “Mesmo assim, estamos diante de uma situação crítica. Muitos deixaram de doar sangue neste período com medo de contaminação. Mas tomamos diversas medidas para garantir a segurança do doador, como o agendamento por telefone e um espaçamento maior ente os horários para evitar aglomerações”, diz Rodrigo Santucci, diretor do hemocentro.

De acordo com os especialistas do Grupo Leforte, a doação de sangue é um procedimento totalmente seguro, pois o organismo repõe muito rápido a quantidade doada. Todos os materiais necessários para a doação só podem ser usados uma vez, sendo descartados logo em seguida, o que elimina o risco de doador ser contaminado. Além disso, a bolsa de sangue é testada para HIV, hepatites B e C, chagas, sífilis e outras doenças.

A unidade da Liberdade do Hemocentro São Lucas fica na rua Barão de Iguape, 212 – 2º andar. As doações podem ser agendadas pelos telefones 3660-6000 ou 3660-6044. O horário de funcionamento é de segunda a sábado, das 8h às 17h.

Newsletter

Cadastre seu e-mail e fique por dentro do que acontece no Leforte

Testemunhos

Gostaríamos de agradecer ao Dr Pierry Louys Batista, em nome de todos os pediatras, toda equipe assistencial, de atendimento, segurança, higiene e do laboratório Delboni, pois percebemos que houve a verdadeira hospitalidade que todos falam, mas poucos exercem: a de fora dos livros.

Gustavo Ambrósio Tenório

Equipe de enfermagem muito bem preparada, atenta e disponível para qualquer chamado. Muito educada e cordial também, por exemplo, sempre ao entrar no quarto os enfermeiros avisavam meu pai que a luz seria acesa, não acendendo diretamente na “cara” da pessoa, que estava despreparada.

Antônio Rafael de Carvalho
banner